quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

O Tango


Troam os passos,
numa treva...
Dança a rossa detráz,
junto no passo trocado.
Devagar sem pousar,
No tango onde me repouso e...
Ouso querer repousar...
Palpitante ,
Carnal,
O tango afaga
O tango brada
O tango uiva, flanco!...
Nele consiste e existe uma altidez,
Sentidos e desejos vãos...
Rumor que ecoa no fintar do braço,
Dentro do abraço...
Desejos claros!... Na solidão dos brados...
São um braseiro os pensamentos,
Que no tango ardem por inteiro ao rés dos passos...

* foto retirada da net

2 comentários:

anacoelho disse...

Uma dança genial plena de sedução.

Beijos linda

anacoelho disse...

Uma dança de palavras genial, sensualissima.

Beijos