domingo, 10 de julho de 2011

a Deusa



"A minha escrita esconde um membro incediário.Uma Deusa de alta presença.
O teu rosto espera, agora, pelo meu lado mais animal . Pela claridade do meus orgão genitais que pulsam nela, a Deusa {Vagina} como um oxigénio, soprado em ti , interiormanete, no esperma que rebenta em volta das tuas duas ilhas que desesperam aumentadas.

A febre ávida de tua leitura fecha-te na perfeição hipnótica, num transe secreto onde eu sou a tua queimada o teu lado ateado, a lunação, que vai á minha procura dentro da tua cabeça, que embriaga o teu sexo em pequenas ideias: sibilando canções suadas e outros textos psicóticos que somente podes beber em mim, através da minha boca ou das minhas ancas onde a tua língua se perde na sedução do movimento das palavras.

Perturbo-te, eu sei, pelo tremor da escrita que lês nas margens pequenas e negras, nas palavras que são sexo em todos os leitos, no repouso grande, fechando em mim o membro erecto . O meu desejo e este meu texto..."

*Intensamente ao Jota

Luisa Demétrio Raposo

3 comentários:

Giuseppe Pietrini disse...

A foto deste post ilustra uma Deusa digna duma adoração maior. Excelente escolha.

Luisa Raposo disse...

É uma Deusa sim, Lilian Gish!

Obrigada Giuseppe,


Um Beijo

Luisa Demétrio Raposo

Luna disse...

Quanto poder o destas Deusas. Um texto soberbo, a imagem quase perfeita.