segunda-feira, 24 de outubro de 2011

pétrio




(...) Tesões estalam. Minhas bocas abertas. Resplandecente. Gritando. Desenfeicham-se membros erectos nos bravos delirios dum ventre. Acendem-se camas embrionárias e tornam-se geométricamente vermelhas, nos bosques do erotismo, onde crescem jardins leves e ardentes, em buracos fortes, pulsantes ao som firme, nas frutas redondas que descem em bocas maduras. Numa elegância violenta. Magnifica. Expelida nos coitos e nos anais do mundo.(...)





Luisa Demétrio Raposo

4 comentários:

São Rosas disse...

Já fazes falta por "lá". E ainda mais com este frio...

Aníbal Raposo disse...

Muito bom.
Beijo

CÉU ROSÁRIO disse...

o ✿⊱╮.˚ ˚✰˚ ˛★* ˚ ˚✰˚ ˛★*。 ღ˛° *
Um Feliz Natal e Um Ano Novo Magnífico!
A todos os Amigos do Toque de Midas, o meu
eterno agradecimento pelo vosso carinho e amizade.


Volto breve, a partir de Janeiro estarei por aqui
a visitar todos os que muito estimo


Bom Ano 2012


Abraços

JouElam disse...

Olá, amiga poeta! Tem um presente de Natal para você no Távola de Estrelas!Desejamos a você votos dum
Natal muito Feliz e de um Ano Novo Maravilhoso!

beijinhos,

JouElam & Dani

Távola de Estrelas: http://jorgemanueledanieledallavecchia.blogspot.com/2011/12/um-selinho-pra-voce.html