terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

.:

  1. Chove. Báton e rouge, a era de o ter saído.
    A sombra original, toda a fisionomia inata dos anfíbios. O homem e um pénis em respiração conjunta. A abundância dificilmente explicável, onde vem bater o sol, colossal. A escultura que permite todos os pormenores gigantescos em abastada exibição quando a boca grande incarna selvagem, via um inchaço trazido que à voz amarga.

Sem comentários: